sábado, 13 de março de 2010

Thelonious Monk

monk2

SÁBADOS DE JAZZ APRESENTA:
THELONIOUS MONK

Thelonious Sphere Monk, pianista estadunidense de jazz. Nasceu em 10 de outubro de 1917 e faleceu em 17 de fevereiro de 1982.

Aprendeu música ainda na infância e serviu de acompanhante para cantoras e cantores que reconheciam no jovem Monk um talento enorme.

Na década de 40 começou a ficar em evidência no cenário do jazz, quando foi contratado como pianista fixo na badalada Minton’s Playhouse. Lá os jovens talentos se dirigiam para “enfrentar” em duelos memoráveis de improvisos os veteranos. Nomes como Charlie Parker e Dizzie Gillespie eram frequentes e, fosse quem fosse no palco, o trio de Thelonious é que acompanhava.

Muitas amizades e trocas musicais aconteceram naquele rico cenário e a nova forma melódica de Charlie Parker, a estrutura harmônica inteligente de Dizzie Gillespie e o genial ritmo e temas complexos de Monk, deram origem a um novo gênero dentro do jazz: o Bebop.

Como na época, o que imperava era o swing, os bebopers tinham certa dificuldade para encontrar espaço na mídia, sem contar que sua música extremamente complexa e virtuosística, causava (ainda causa) um certo espanto para um público não preparado. Por tudo isso, Monk demorou muito para conseguir gravar um disco, e quando conseguiu, foi como acompanhante de Colleman Hawkins, a primeira lenda do saxofone. Mesmo não podendo expor totalmente suas características músicais únicas, conseguiu incluir no repertório do disco uma de suas composições.

Com o tempo, as ideias musicais de Thelonious transcenderam o bebop e se tornaram tão diferentes de tudo, que não é possível incluí-las em nenhum gênero do jazz, ou seja, Thelonious Monk tem um gênero próprio de composição: com harmonias dissonantes e guinadas melódicas combinadas a linhas de percussão desenvolvidas com abruptos ataques ao piano e uso de silêncios e hesitações.

Apenas em 1957, é que ele conseguiu gravar um álbum que reunisse todo esse material espetacular, o lendário Brilliant CornersThelonious-Monk-Brilliant-Corners-360744. A faixa título é tão complexa e fenomenal que, em 25 takes e contando com Max Roach na batera e Oscar Pettiford no baixo, não foi possível executá-la. A gravadora então convocou outros músicos, entre eles a lenda do baixo Paul Chambers (que dois anos depois gravaria com Miles Davis, John Coltrane, Cannonball Adderley, Bill Evans; o insuperável e sobrenatural álbum Kind Of Blue), e ainda assim não foi possível um take completo. Resultado: a faixa foi editada.

Também em 1957, ele liderou um quarteto com John Coltrane no sax tenor, Wilbur Ware no baixo e Shadow Wilson na bateria, para apresentações no famoso Carnegie Hall. Todo material, claro, foi gravado. Porém as fitas simplesmente sumiram e só foram descobertas quase 50 anos depois (em 2005), no acervo da Biblioteca do Congresso, foram remasterizadas e lançados em CD.

Monk era um sujeito excêntrico, alguns suspeitavam que ele tinha problemas mentais. Por isso foi internado algumas vezes em sanatórios e tratado como tal. Hoje especula-se que tenha sido diagnosticado erradamente e que seu “tratamento” teria lhe causado danos cerebrais. Ao final de sua vida, foi acometido de uma grande depressão e, em 17 de fevereiro de 1982, faleceu vítima de um AVC.

Sua obra não é muito extensa (pelo que se sabe, mas tem-se descoberto material inédito nos últimos anos), mas é essencial para o aperfeiçoamento do jazz. Sem contar que algumas de suas músicas tornaram-se standards,como "Epistrophy", "'Round Midnight", "Blue Monk", "Straight No Chaser" e "Well, You Needn't".

Fontes de pesquisa: Wikipedia e Coleção Folha de Clássicos do Jazz Nº8

Site Oficial

EM AÇÃO!

AUDIÇÕES

JMP0011-FP

O1 – Brilliant Corners – do álbum homônimo

Do mitológico álbum do Carneggie Hall com John Coltrane

02 – Monk’s Mood

03 – Crepuscule With Nellie

Da coletânea lançada em 2005

04 – Ruby, My Dear

05 - ‘Round Midnight

06 – Straight, No Chaser

6 comentários:

.outsid3r disse...

Conheço pouco sobre a obra de Monk, mas o que posso dizer a cada bio que leio de grandes nomes do jazz do passado é que estamos em queda livre culturalmente falando, não existem mais gênios da música como no passado. Isso é meio que desanimador.

Brother, você ainda tá afim de trocar links? já linkei o seu blog no meu, se ainda quiser..

Érico Cordeiro disse...

Grande disco, Rodrigo!
Presenças estelares de Clark Terry e Sonny Rollins - um clássico absoluto!!!!

Rodrigo Nogueira disse...

Fábio, Não sei se é assim... Acho que precisa de um certo tempo de maturação para que possamos identificar os grandes talentos, geralmente o reconhecimento vem tempos depois. Hoje em dia ainda temos grandes mestres. No campo do jazz, por exemplo, temos o Chic Corea, o Wynton Marsalis, o Keith Jarrett, Herbie Hancock, etc. Não desanime meu amigo! Vamos ficar atentos às coisas novas com a mente aberta, pois os grandes inovadores demoram pra ser reconhecidos.

Quanto a trocar links, claro! O teu blog já tá na minha seleção de blogs de música faz tempo, confere lá! Agora se a ideia for outra, me manda um e-mail explicando.

Abração!

Rodrigo Nogueira disse...

Sem dúvida Érico, provavelmente a obra-prima do cara! Não canso de ouví-lo! Entra em qualquer seleção de "melhores álbuns do jazz" respeitável.

Abraço

Anônimo disse...

Cheguei aqui agora, novato encantado. Além de uma biografia clean, sem aquelas chatices das pessoas que só querem mostrar que são experts no assunto, uma feliz garimpagem de vídeo. Entre muitas e boas interpretações dessa música, ouvi com Marcel Powell, outro andamento, mas linda. Obrigado, Gustavo

Rodrigo Nogueira disse...

Valeu Gustavo!

Legal que curtiu o texto e o vídeo. Postei algumas músicas tb, caso queira ouvir. Ainda não disponibilizo o material de jazz pra download, mas se o pessoal quiser, posso disponibilizar.

As músicas de Thelonious foram e são interpretadas por muitos artistas, talvez a versão mais festejada de 'Round Midnight seja a Miles Davis. A de Marcel Powell ainda não ouvi, valeua dica!

Abç!

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante, todos que são publicados são respondidos, mas antes de escrever, leia as normas do blog:

Você pode: Opinar, elogiar, criticar, sugerir, debater e discordar.
Mas NÃO PODE ofender, insultar, difamar, divulgar spam, fazer racismo, ou qualquer tipo de conteúdo ilegal, além de usar palavras de baixo calão de maneira gratuita.

Obrigado por sua participação, fico na expectativa de seu retorno!

Conheça o Super Fusion Blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Sons, Filmes & Afins,

um refúgio para quem tem a mente aberta, mas opinião própria"

Marcadores

1975 (1) 1977 (1) 1979 (45) 2 Tone (1) 2001 (1) 50 Obras Revolucionárias (51) A Formação do Gosto Musical (8) A Pedidos (3) Abba (3) AC/DC (2) ação (14) Acervo Original (6) acid house (4) acid jazz (6) Acid Rock (1) acid techno (1) Aerosmith (2) afoxé (1) afrobeat (3) Allman Brothers Blues Band (1) Alternative Dance (1) Ambient (2) amizade (6) análise (1) animação (2) Aniversário (1) Arraste-me para o inferno (1) Art Blakey (1) art rock (5) aventura (4) axé (2) baião (1) baixo (6) baladas (3) balanço do ano (5) Barry White (1) bateria (2) be bop (8) Bebel Gilberto (1) Beethoven (6) Bela Fleck (1) Ben Affleck (1) Ben Kingsley (1) Berg (1) Berlioz (3) big band (2) Big Star (1) Bill Evans (1) Bill Wyman (1) Billie Holiday (1) Billy Bob Thornton (1) Billy Joel (1) biografia (3) black metal (2) Black Sabbath (1) Blackened Death Metal (1) Blind Faith (1) Blondie (1) Blue Cheer (1) bluegrass (1) blues (14) blues rock (1) Bob Dylan (1) Bob Marley (2) bolero (2) Bon Jovi (2) bossa nova (5) Boston (1) Boulez (1) Brahms (1) Brian Eno (6) Brittany Murphy (1) Brutal Death Metal (1) Buddy Guy (1) Burning Spear (1) Buzzcocks (2) Caetano Veloso (3) Cage (1) calipso (1) Camisa de Vênus (1) Cannonball Adderley (1) cantata (1) Carpenters (1) celta (2) Charles Mingus (1) Charlie Parker (2) Cheap Trick (1) Cher (1) Chet Baker (1) Chic (3) Chic Corea (4) chicago blues (2) Chico Buarque (2) Chopin (1) Choro (1) Christian McBride (1) Cícero (6) Clive Owen (1) comédia (16) Concerto (1) Cool Jazz (5) Count Basie (1) Counting Crows (1) country (7) country rock (3) Crumb (1) Curtis Mayfield (1) dance (3) David Bowie (6) Dead Kennedys (1) Death Doom Metal (1) death metal (6) debate (2) Debussy (2) Deep Purple (2) Def Leppard (1) Delaney Bonnie And Friends (1) delta blues (2) Dennis Hopper (1) Dennis Quaid (1) Dennis Wilson (1) Denzel Washington (1) Derek And The Dominos (1) Descartes (2) Destaques (1) Devo (2) Dianne Reeves (1) Dire Straits (1) disco (8) Divulgação (1) Dizzie Gilesppie (1) Django Reinhardt (1) Donizetti (1) Donna Summer (1) doo wop (3) Doom Metal (1) drama (27) Dream Theater (1) Drone Doom (1) Duke Ellington (4) Dulce Pontes (1) Dupré (1) Eagles (1) Earth Wind and Fire (3) easy listening (2) Electric Blues (1) electric-folk (1) Elis Regina (1) Ella Fitzgerald (1) ELO (1) Elton John (2) Elvis Costello (2) ensaio (25) Entrevista (1) época (2) Eric Clapton (3) Erroll Garner (1) Esta Música é Arte? (3) fado (2) Fairport Convention (1) Falecimentos (7) fantasia (4) Fela Kuti (1) Feldman (1) ficção científica (6) filme (69) Filosofia (3) flamenco (2) Fleetwood Mac (3) folk (9) Folk Metal (1) forró (1) Frank Sinatra (1) free jazz (4) frevo (1) Funeral Doom (1) funk (14) Funkadelic (1) fusion (10) Gal Costa (2) Gang of Four (1) Gary Numan (1) Genesis (2) Gershwin (1) Gesualdo (1) Gilberto Gil (2) glam rock (1) Glinka (2) Gluck (1) gospel (3) gótico (6) Grammy (2) Graziani (1) Gregory Isaacs (1) guerra (4) guitara (2) guitarra (5) gypsy jazz (1) Hank Jones (1) hard bop (4) hard rock (15) hardcore (2) Haydn (3) heavy metal (17) Herbie Hancock (2) hip-hop (5) Holger Czukay (1) Holst (1) homenagem (1) Horace Silver (1) Houghton (1) house (2) Ian Dury (1) Iggy Pop (2) indie rock (1) infantil (2) Iron Butterfly (1) Isaac (1) Isabelle Fuhrman (1) Ives (1) J.S. Bach (5) Jaco Pastorious (2) James Brown (2) Jamiroquai (1) Japan (1) jazz (44) Jazz Modal (1) Jean Michel Jarre (2) Jefferson Airplane (1) Jenifer Lopez (1) Jimi Hendrix (1) Jimmy Cliff (1) Jimmy Smith (1) Joan Armatrading (1) Joan Sutherland (1) João Gilberto (2) John Coltrane (1) John Mayall's Bluesbreakers (1) John Travolta (1) Johnny Alf (1) Joni Mitchell (3) Jorge Ben Jor (2) Joy Division (2) Judas Priest (1) Julia Roberts (1) Keith Jarrett (1) Kim Bassinger (1) Kiss (2) Kompha (1) Kraftwerk (2) krautrock (5) Led Zeppelin (2) Lee Jackson (1) Leibniz (1) Lenny White (1) Leonin (1) Listas (19) Liszt (2) Louis Armstrong (2) lundu (1) Machaut (1) madchester (2) Magazine (1) Mahler (2) Marcelo Nova (1) Maria Bethânia (1) Marianne Faithfull (1) Marvin Gaye (3) MDM (1) Meat Loaf (1) Medieval Metal (1) Melodic Death Metal (1) Memphis (1) Meryl Streep (1) Messiaen (1) Metal Progressivo (2) Michael Jackson (3) Mickey Rourke (1) Miles Davis (4) Miúcha (1) modal (2) modinha (1) Monteverdi (2) Motörhead (1) Mozart (6) MPB (10) músic eletrônica (3) música ambiente (4) música clásica (1) música clássica (4) Música do outro mundo (11) música eletrônica (4) música experimental (3) música industrial (2) Música na Cabeça (7) musical (1) Musicoterapia (1) Ná Ozzetti (1) Nat King Cole (1) Neil Young (1) new age (1) new wave (15) Ney Matogrosso (1) Nina Simone (1) Nirvana (1) O que é? (6) ópera rock (2) opinião (23) Oscar (1) Paco de Lucía (1) Parliament (2) Pat Metheny (1) Paul Giamatti (1) Paul McCartney (1) Paul Weller (1) Paulinho Nogueira (1) Paulo Moura (1) Penelope Cruz (1) Pere Ubu (2) Peri (1) Perotin (1) Perusio (1) Peter Frampton (1) Peter Gabriel (1) Peter Sarsgaard (1) Peter Tosh (1) piano (2) Pink Floyd (6) polca (1) Police (1) policial (5) pop (23) pop rock (4) pós-punk (6) Post-Punk (2) Poulenc (1) Power Metal (1) Presente (2) Primus (1) Prince (1) Progressive Death Metal (1) promocional (6) Public Image Ltd. (2) Puccini (1) punk rock (31) Quadrinho (1) Queen (1) Racionais MCs (1) Ramones (3) rap (2) Red Hot Chili Peppers (2) reggae (6) Reich (1) Return To Forever (1) Richard Wagner (2) Rick Wakeman (1) rock (70) rock de vanguarda (4) rock progressivo (9) rock psicodélico (3) rockabilly (2) Rolling Stones (2) romance (9) Ronnie James Dio (1) Rush (1) Russell Crowe (1) Rythm and Blues (5) Saint-Saens (1) Sam Raimi (1) samba (5) Sarah Vaughan (1) Satie (1) sax (1) Schoenberg (4) Schubert (3) Schumann (2) Scorpions (1) Scriabin (1) sebo (1) Série Especial de Domingo (80) Sex Pistols (6) Shirley Verrett (1) Show (1) Simone (1) Siouxsie and The Banshees (1) Sister Sledge (1) ska (1) smooth jazz (3) soul (9) soul jazz (4) speed metal (2) Spyro Gyra (1) Stan Getz (1) Stanlay Clarke (1) Star Trek (1) Steely Dan (1) Stéphane Grappelli (1) Steve Vai (1) Steve Winwood (1) Stevie Wonder (2) Stockhausen (1) Stravinsky (1) Sunday (1) Supertramp (1) surf music (1) suspense (14) swing (5) Symphonic Prog (1) synthpop (3) Talking Heads (2) tango (2) Tchaikovski (2) Technical Death Metal (1) techno (5) Television (1) Terri Lyne Carrington (1) terror (7) Tex (1) The Adverts (1) The B-52's (1) The Beach Boys (1) The Beatles (3) The Cars (1) The Clash (3) The Cramps (2) The Cream (3) The Crusaders (1) The Damned (1) The Doors (1) The Fall (1) The Germs (1) The Gun Club (1) The Hollies (1) The Jam (1) The Jazz Crusaders (1) The Modern Lovers (2) The Only Ones (1) The Penguin Cafe Orchestra (1) The Residents (1) The Saints (1) The Slits (2) The Specials (1) The Stooges (2) The Stranglers (2) The Trio (1) The Undertones (1) The Who (1) Thelonious Monk (2) Thin Lizzy (1) thrash metal (2) Throbbing Gristle (1) Titãs (1) Tom Jobim (2) Tom Petty (1) Tom Wilkinson (1) Top Blog (1) TOPS (1) Toquinho (1) Tracy Chapman (1) Traffic (1) trance (2) tropicália (3) Tudo isso é rock (1) valsa (1) Van Halen (2) Van Morrisson (1) Varèse (1) Vaughan Williams (1) Velvet Underground (1) Vera Farmiga (1) Vídeo (1) Viking Metal (1) Villa-Lobos (1) Vinícius de Moraes (1) Vinil (1) violão (1) Vivaldi (2) Watt 69 (1) Weber (1) Webern (1) Wes Montgomery (1) west coast jazz (1) Wheater Report (1) Willie Nelson (2) Winger (1) Winona Ryder (1) Wire (2) X-Ray Spex (1) Yardbirds (1) Yes (1)