segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

A Formação do Gosto Musical - Parte 5: Os 4 maiores agentes formadores do gosto - 2º Associação


Para a boa compreensão deste artigo, é imprescindível a leitura prévia dos artigos anteriores, caso ainda não tenha lido, utilize os links abaixo: 
Pelos artigos anteriores, verficamos que para se gostar de alguma música (poderia estender este conceito para outras coisas, mas seria sair de meu objetivo) é necessário estabelecer um padrão cerebral para que ela seja primeiro reconhecida para depois ser apreciada. Na parte 4 iniciei o estudo dos 4 grandes agentes que tornam o surgimento desses padrões possível; o primeiro abordado foi o costume/repetição. O segundo trato hoje, é a associação.

É importante deixar claro que não existe uma hierarquia entre os fatores, eles podem agir individualmente, mas o mais comum é que atuem simultaneamente, e o grau de influência de cada fator é particular de cada caso. No final do estudo, chegaremos à conclusão que trata-se de um fenômeno cíclico.

2º Associação

Ouvir uma música repetidas vezes pode se tornar uma tortura se não vier acompanhada de outro grande fator de formação do gosto, como a associação por exemplo. O conceito é simples: como somos seres dotados de emoções, será muito mais fácil e rápido criarmos padrões cerebrais sobre uma determinada música se ela estiver associada a algum tipo de sentimento.

Como postulante a filósofo, entendo que sentimentos não são bons ou maus, simplesmente são. O que vai determinar a natureza deste sentimento são as consequências que ele acarreta, portanto nada impede que se goste de uma música mesmo ela estando associada a um sentimento considerado mau, como por exemplo a raiva. Muitas pessoas, principalmente quando estão passando pela fase chamada adolescência, tendem a expor (ou represar) este sentimento com uma certa frequência, mesmo não havendo uma razão clara para isso (poderia citar inúmeras explicações, mas novamente estaria perdendo o foco, entretanto, acredito que o caro leitor poderá facilmente constatar esse fenômeno). Geralmente a música mais associada a este sentimento é o rock pesado, em especial o punk. Não estou dizendo com isso que todos os aficcionados por este tipo de música sejam violentos ou raivosos, apenas que esta associação rock pesado-raiva seja natural e pode levar o indivíduo a uma catarse, se isso acontecer, logo vem a sensação de prazer e quase que imediatamente, o cérebro do indivíduo estabelecerá um padrão. Se possível naquele momento, o ouvinte irá repetir aquela música várias vezes para poder ter novamente aquelas sensações libertadoras. Outra coisa que fatalmente acontecerá será a busca por MAIS! A pessoa possivelmente terá interesse em conhecer outras músicas semelhantes em estrutura e expressão, pois aquele padrão necessitará de sedimentação. Pronto: foi criado um fã de rock pesado!

Poderia estender esse exemplo a todos os outros sentimentos, as reações seriam diferentes, assim como os estilos musicais, mas o processo seria o mesmo.

Esta associação música-sentimento pode ser potencializada se uma música em particular for associada a um evento em particular; não será o evento em si que criará a associação, mas sim o sentimento implícito a ele. Um exemplo fácil são as famosas "músicas de namorados": imagine você com seu namorado(a) em um momento íntimo, os sentimentos sendo expressos e principalmente sentidos, de repente toca "aquela música". É muito provável que ela marque imediatamente, ou seja, crie um padrão cerebral, e sempre que você a ouvir novamente, reviverá aquele momento especial. Os exemplos poderiam ser inúmeros, mas seriam sempre sobre momentos saudosos.

Observação importante: assim como explora o fator COSTUME, repetindo inúmeras vezes determinadas músicas nas rádios e tvs, a indústria da música também faz um extenso uso da ASSOCIAÇÃO. É muito comum vermos hoje os vídeo-clipes explorando os sonhos e desejos da população associando-os com as músicas. As relações mais comuns são com o sexo (desejo sexual) e o sucesso (em todos os níveis). A indústria ultimamente também tenta explorar de forma sutil o terceiro grande fator formador do gosto; o único que ela ainda não conseguiu colocar suas garras é sobre o quarto.

Ao ler este texto, você poderia chegar à conclusão que quando estou com o romance à flor da pele, se ouvir uma música romântica, imediatamente gostarei dela, ou se estiver furioso, a música pesada fará parte de meu gosto. Sabemos que as coisas não são sempre assim, embora aconteça muitas vezes, por quê? Outra questão que poderia ser formulada é: se os sentimentos são diversos, por que em geral o gosto das pessoas também não é, na verdade ficam restritos a um estilo musical ou dois? 

Porque ainda existem mais dois fatores formadores que em muitas ocasiões também deverão estar presentes para estabelecer o gosto.

Não perca os próximos capítulos da série!

5 comentários:

Edison Junior disse...

Ótima sequência, Rodrigo.

Essa repetição que a mídia faz de uma determinada música ou grupo (geralmente graças a um jabazinho) é acompanhada de comentários elogiosos dizendo que é a música do momento (mesmo qua a gente nunca temnha ouvido falar nela) ou que o CD é o mais vendido etc. Esse desejo de "ficar por dentro" encaixa-se na "associação" ou é outra categoria?

P.S. Só faltou explicar por que é que geralmente só a mulher se lembra da música que tocou na hora do rala e rola.

everson disse...

Muito boa esta série, espero que outras pessoas estejam aproveitando para se aprofundar em um assunto pouco abordado. Mas vamos discutir o tema de hoje, rsrs. Podemos gostar de uma música sem associa-la à nada? Abraço !

Rodrigo Nogueira disse...

Edison, Everson - muito obrigado amigos pela oportunidade de poder debater esse assunto que julgo fascinante!

Edison - Como os fatores formadores do gosto podem trabalhar simultaneamente ou individualmente, é difícil estabelecer com precisão e de forma genérica qual deles mais exercerá influência na situação que você sugere. Na verdade cada caso é um caso, porém acredito que na maioria das vezes, o primeiro fator responsável por "gostar de algo para ficar por dentro" seja o que veremos no próximo artigo, contudo, a associação e/ou a repetição(costume) poderão vir logo em seguida. Caso esta dúvida persista após a leitura do 6º artigo, peço que a traga novamente para podermos refletir melhor sobre ela.
Sobre o "rala e rola", concordo que as mulheres sejam mais suscetíveis realmente, embora acredite sim na possibilidade dos homens também fazerem este tipo de associação. As razões para isso, acredito serem biológicas e comportamentais, mas não creio ser capaz de ter uma resposta definitiva sobre o assunto no momento, caberia ainda muito estudo e reflexão de minha parte sobre este tema.

Everson - Eu também espero! Se pude entender bem sua pergunta, acredito que sim, pois apesar de manifestarmos um sentimento quando ouvimos alguma música de que gostamos, este sentimento não precisa necessariamente estar associado àquela música, ele pode ser simplesmente uma consequência e inclusive variar em momentos diferentes em que você a escuta. Da mesma forma, o costume pode ser um fator individual para criar o gosto, e quando ele é estabelecido, desperta um sentimento como consequência, sem necessariamente associar a música em questão ao sentimento causado. Assim como o quarto fator que abordarei mais adiante, também pode agir independente da associação e criar o gosto.
Entretanto, acredito que uma coisa seja certa: se houver a associação, o processo de "gostar" será bem mais rápido.

Amigos, caso queiram trocar mais ideias sobre estas ou outras questões relacionadas ao tema, fiquem a vontade para continuar nossa conversa.

Abraços!

Edison Junior disse...

Na verdade, minha segunda pergunta foi só uma brincadeira, pois é evidente que as mulheres (em geral) são mais sensíveis a esse tipo de recordação. Aliás, elas costumam se lembrar de detalhes incríveis.

Esse comentário complementar não é para dar uma explicação sobre a minha pergunta, mas para opinar que mesmo bons momentos não são, por si só, capazes de mudar o gosto musical. Lembro-me de muitas músicas que estavam na moda na época em que estava começando a namorar minha esposa, mas não consigo gostar de muitas delas. Até hoje quando as ouço no rádio torço o nariz. E continuamos casados, apesar da associação com a música ser negativa.

Rodrigo Nogueira disse...

Olá Edison, muito boa sua observação!

Entendo perfeitamente o que quer dizer, pois penso da mesma forma, mas repare que a associação que me refiro deve-se a um momento em especial, não a um período inteiro (namoro).

Entretanto, é preciso deixar claro que cito estas associações como possíveis formadoras do gosto, ou seja, podem determinar tanto o que vou gostar como o que não vou.

Apenas discordo de um ponto: de que a associação por si só não poderia mudar seu gosto - penso que se ela for de algum modo traumática, poderia sim mudá-lo.

Abraço!

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante, todos que são publicados são respondidos, mas antes de escrever, leia as normas do blog:

Você pode: Opinar, elogiar, criticar, sugerir, debater e discordar.
Mas NÃO PODE ofender, insultar, difamar, divulgar spam, fazer racismo, ou qualquer tipo de conteúdo ilegal, além de usar palavras de baixo calão de maneira gratuita.

Obrigado por sua participação, fico na expectativa de seu retorno!

Conheça o Super Fusion Blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Sons, Filmes & Afins,

um refúgio para quem tem a mente aberta, mas opinião própria"

Marcadores

1975 (1) 1977 (1) 1979 (45) 2 Tone (1) 2001 (1) 50 Obras Revolucionárias (51) A Formação do Gosto Musical (8) A Pedidos (3) Abba (3) AC/DC (2) ação (14) Acervo Original (6) acid house (4) acid jazz (6) Acid Rock (1) acid techno (1) Aerosmith (2) afoxé (1) afrobeat (3) Allman Brothers Blues Band (1) Alternative Dance (1) Ambient (2) amizade (6) análise (1) animação (2) Aniversário (1) Arraste-me para o inferno (1) Art Blakey (1) art rock (5) aventura (4) axé (2) baião (1) baixo (6) baladas (3) balanço do ano (5) Barry White (1) bateria (2) be bop (8) Bebel Gilberto (1) Beethoven (6) Bela Fleck (1) Ben Affleck (1) Ben Kingsley (1) Berg (1) Berlioz (3) big band (2) Big Star (1) Bill Evans (1) Bill Wyman (1) Billie Holiday (1) Billy Bob Thornton (1) Billy Joel (1) biografia (3) black metal (2) Black Sabbath (1) Blackened Death Metal (1) Blind Faith (1) Blondie (1) Blue Cheer (1) bluegrass (1) blues (14) blues rock (1) Bob Dylan (1) Bob Marley (2) bolero (2) Bon Jovi (2) bossa nova (5) Boston (1) Boulez (1) Brahms (1) Brian Eno (6) Brittany Murphy (1) Brutal Death Metal (1) Buddy Guy (1) Burning Spear (1) Buzzcocks (2) Caetano Veloso (3) Cage (1) calipso (1) Camisa de Vênus (1) Cannonball Adderley (1) cantata (1) Carpenters (1) celta (2) Charles Mingus (1) Charlie Parker (2) Cheap Trick (1) Cher (1) Chet Baker (1) Chic (3) Chic Corea (4) chicago blues (2) Chico Buarque (2) Chopin (1) Choro (1) Christian McBride (1) Cícero (6) Clive Owen (1) comédia (16) Concerto (1) Cool Jazz (5) Count Basie (1) Counting Crows (1) country (7) country rock (3) Crumb (1) Curtis Mayfield (1) dance (3) David Bowie (6) Dead Kennedys (1) Death Doom Metal (1) death metal (6) debate (2) Debussy (2) Deep Purple (2) Def Leppard (1) Delaney Bonnie And Friends (1) delta blues (2) Dennis Hopper (1) Dennis Quaid (1) Dennis Wilson (1) Denzel Washington (1) Derek And The Dominos (1) Descartes (2) Destaques (1) Devo (2) Dianne Reeves (1) Dire Straits (1) disco (8) Divulgação (1) Dizzie Gilesppie (1) Django Reinhardt (1) Donizetti (1) Donna Summer (1) doo wop (3) Doom Metal (1) drama (27) Dream Theater (1) Drone Doom (1) Duke Ellington (4) Dulce Pontes (1) Dupré (1) Eagles (1) Earth Wind and Fire (3) easy listening (2) Electric Blues (1) electric-folk (1) Elis Regina (1) Ella Fitzgerald (1) ELO (1) Elton John (2) Elvis Costello (2) ensaio (25) Entrevista (1) época (2) Eric Clapton (3) Erroll Garner (1) Esta Música é Arte? (3) fado (2) Fairport Convention (1) Falecimentos (7) fantasia (4) Fela Kuti (1) Feldman (1) ficção científica (6) filme (69) Filosofia (3) flamenco (2) Fleetwood Mac (3) folk (9) Folk Metal (1) forró (1) Frank Sinatra (1) free jazz (4) frevo (1) Funeral Doom (1) funk (14) Funkadelic (1) fusion (10) Gal Costa (2) Gang of Four (1) Gary Numan (1) Genesis (2) Gershwin (1) Gesualdo (1) Gilberto Gil (2) glam rock (1) Glinka (2) Gluck (1) gospel (3) gótico (6) Grammy (2) Graziani (1) Gregory Isaacs (1) guerra (4) guitara (2) guitarra (5) gypsy jazz (1) Hank Jones (1) hard bop (4) hard rock (15) hardcore (2) Haydn (3) heavy metal (17) Herbie Hancock (2) hip-hop (5) Holger Czukay (1) Holst (1) homenagem (1) Horace Silver (1) Houghton (1) house (2) Ian Dury (1) Iggy Pop (2) indie rock (1) infantil (2) Iron Butterfly (1) Isaac (1) Isabelle Fuhrman (1) Ives (1) J.S. Bach (5) Jaco Pastorious (2) James Brown (2) Jamiroquai (1) Japan (1) jazz (44) Jazz Modal (1) Jean Michel Jarre (2) Jefferson Airplane (1) Jenifer Lopez (1) Jimi Hendrix (1) Jimmy Cliff (1) Jimmy Smith (1) Joan Armatrading (1) Joan Sutherland (1) João Gilberto (2) John Coltrane (1) John Mayall's Bluesbreakers (1) John Travolta (1) Johnny Alf (1) Joni Mitchell (3) Jorge Ben Jor (2) Joy Division (2) Judas Priest (1) Julia Roberts (1) Keith Jarrett (1) Kim Bassinger (1) Kiss (2) Kompha (1) Kraftwerk (2) krautrock (5) Led Zeppelin (2) Lee Jackson (1) Leibniz (1) Lenny White (1) Leonin (1) Listas (19) Liszt (2) Louis Armstrong (2) lundu (1) Machaut (1) madchester (2) Magazine (1) Mahler (2) Marcelo Nova (1) Maria Bethânia (1) Marianne Faithfull (1) Marvin Gaye (3) MDM (1) Meat Loaf (1) Medieval Metal (1) Melodic Death Metal (1) Memphis (1) Meryl Streep (1) Messiaen (1) Metal Progressivo (2) Michael Jackson (3) Mickey Rourke (1) Miles Davis (4) Miúcha (1) modal (2) modinha (1) Monteverdi (2) Motörhead (1) Mozart (6) MPB (10) músic eletrônica (3) música ambiente (4) música clásica (1) música clássica (4) Música do outro mundo (11) música eletrônica (4) música experimental (3) música industrial (2) Música na Cabeça (7) musical (1) Musicoterapia (1) Ná Ozzetti (1) Nat King Cole (1) Neil Young (1) new age (1) new wave (15) Ney Matogrosso (1) Nina Simone (1) Nirvana (1) O que é? (6) ópera rock (2) opinião (23) Oscar (1) Paco de Lucía (1) Parliament (2) Pat Metheny (1) Paul Giamatti (1) Paul McCartney (1) Paul Weller (1) Paulinho Nogueira (1) Paulo Moura (1) Penelope Cruz (1) Pere Ubu (2) Peri (1) Perotin (1) Perusio (1) Peter Frampton (1) Peter Gabriel (1) Peter Sarsgaard (1) Peter Tosh (1) piano (2) Pink Floyd (6) polca (1) Police (1) policial (5) pop (23) pop rock (4) pós-punk (6) Post-Punk (2) Poulenc (1) Power Metal (1) Presente (2) Primus (1) Prince (1) Progressive Death Metal (1) promocional (6) Public Image Ltd. (2) Puccini (1) punk rock (31) Quadrinho (1) Queen (1) Racionais MCs (1) Ramones (3) rap (2) Red Hot Chili Peppers (2) reggae (6) Reich (1) Return To Forever (1) Richard Wagner (2) Rick Wakeman (1) rock (70) rock de vanguarda (4) rock progressivo (9) rock psicodélico (3) rockabilly (2) Rolling Stones (2) romance (9) Ronnie James Dio (1) Rush (1) Russell Crowe (1) Rythm and Blues (5) Saint-Saens (1) Sam Raimi (1) samba (5) Sarah Vaughan (1) Satie (1) sax (1) Schoenberg (4) Schubert (3) Schumann (2) Scorpions (1) Scriabin (1) sebo (1) Série Especial de Domingo (80) Sex Pistols (6) Shirley Verrett (1) Show (1) Simone (1) Siouxsie and The Banshees (1) Sister Sledge (1) ska (1) smooth jazz (3) soul (9) soul jazz (4) speed metal (2) Spyro Gyra (1) Stan Getz (1) Stanlay Clarke (1) Star Trek (1) Steely Dan (1) Stéphane Grappelli (1) Steve Vai (1) Steve Winwood (1) Stevie Wonder (2) Stockhausen (1) Stravinsky (1) Sunday (1) Supertramp (1) surf music (1) suspense (14) swing (5) Symphonic Prog (1) synthpop (3) Talking Heads (2) tango (2) Tchaikovski (2) Technical Death Metal (1) techno (5) Television (1) Terri Lyne Carrington (1) terror (7) Tex (1) The Adverts (1) The B-52's (1) The Beach Boys (1) The Beatles (3) The Cars (1) The Clash (3) The Cramps (2) The Cream (3) The Crusaders (1) The Damned (1) The Doors (1) The Fall (1) The Germs (1) The Gun Club (1) The Hollies (1) The Jam (1) The Jazz Crusaders (1) The Modern Lovers (2) The Only Ones (1) The Penguin Cafe Orchestra (1) The Residents (1) The Saints (1) The Slits (2) The Specials (1) The Stooges (2) The Stranglers (2) The Trio (1) The Undertones (1) The Who (1) Thelonious Monk (2) Thin Lizzy (1) thrash metal (2) Throbbing Gristle (1) Titãs (1) Tom Jobim (2) Tom Petty (1) Tom Wilkinson (1) Top Blog (1) TOPS (1) Toquinho (1) Tracy Chapman (1) Traffic (1) trance (2) tropicália (3) Tudo isso é rock (1) valsa (1) Van Halen (2) Van Morrisson (1) Varèse (1) Vaughan Williams (1) Velvet Underground (1) Vera Farmiga (1) Vídeo (1) Viking Metal (1) Villa-Lobos (1) Vinícius de Moraes (1) Vinil (1) violão (1) Vivaldi (2) Watt 69 (1) Weber (1) Webern (1) Wes Montgomery (1) west coast jazz (1) Wheater Report (1) Willie Nelson (2) Winger (1) Winona Ryder (1) Wire (2) X-Ray Spex (1) Yardbirds (1) Yes (1)