sexta-feira, 16 de abril de 2010

Atividade Paranormal

Paranormal Activity (2007)
Direção: Oren Peli. Com Katie Featherston e Micah Sloat.

Sinopse: Baseado nos relatos de sua namorada que afirma ser atormentada por uma entidade desde sua infância, rapaz compra uma câmera para tentar registrar atividades paranormais que possam ocorrer enquanto estão dormindo.



Diante de tantas opiniões divergentes sobre esse filme, resolvi assisti-lo para formar a minha. As informações que tinha sobre ele é que era um projeto underground, com a produção nos moldes de "Bruxa de Blair" - um filme que gosto muito - pois foi feito por "amadores", à baixo custo, a narrativa em forma de pseudo-documentário, além de ser também um suspense/terror é claro.
Combinei com dona Flávia (minha esposa), para assistirmos "por volta da meia-noite" em nosso quarto, deitados na cama e com a luz apagada evidentemente. Tudo isso para tentar potencializar os possíveis sustos.
Bem, a história do filme é simples: assistimos a gravação que o casal fez em sua casa sobre seu cotidiano e de vez em quando recebemos alguns "bônus" com bizarrices que acontecem, principalmente quando estão dormindo.
paranormal
Transcendendo um pouco o filme, reparo como o ser humano (em geral), prima hoje em dia por um cérebro de ervilha. Claro que um casal, na informalidade de sua vida a dois, não vai sempre tratar de temas profundos e produzir diálogos relevantes a toda hora, mas como é  irritante observar pessoas sem nenhum conteúdo tal qual o casal da história. Digno de um "Big Brother" (não entendo como esse tipo de programa faz tanto sucesso) somos vítimas de banalidades sem fim (haja saco!). A coisa esquenta quando eles calam a boca e vão dormir. Nesses momentos, o "diabinho" começa a aprontar das suas como se estivesse se divertindo à custa do casal: portas que se movimentam, luzes que se acendem, barulhos estranhos, enfim, noite a noite a coisa vai piorando.
Achei muito engraçada a postura do marido que ao ver as gravações faz chacota com a entidade e a provoca, para mim é o melhor do filme.
Não sei se você que lê esse artigo já viu o filme, mas eu não levei absolutamente nenhum susto, e você? (escreva-me um comentário!).
Após a sessão "cinema em casa", senti que nada foi acrescentado em minha vida por assistir esse filme, dei um grande beijo de boa noite em minha esposa, desliguei a TV e fui dormir bem tranquilo.
Nota: 4
Veja o trailer (ele é diferente e bem legal):

13 comentários:

.outsid3r disse...

Grande Rodrigão!
Apesar da opinião contrário eu gostei do filme, achei a proposta interessante mesmo não suportando filmes em 1ª pessoa. Eu vi sozinho, pois minha querida e amada esposa odeia filmes de terror. Claro que não é nada demais, mas levando-se em consideração a falta de filmes de terror decentes eu acabei curtindo a película.

Enfim estou aqui pra dizer também que estou te presenteando com o "Selo Blog de Excelência" pois sempre visito seu blog, sou um fã das coisas que escreve e seu blog faz parte da minoria que realmente agrega conhecimento na internet! Indiquei 7 blogs e o seu, não poderia estar de fora!

As instruções pra receber o selo estão aki: http://rattleheadbrasil.blogspot.com/2010/04/selo-blog-de-excelencia.html

FORTE ABRAÇO IRMÃO!

Marcelo Marques disse...

gosto demais dos dois Bruxas de Blair...atividade ainda não assisti devido ao meu "medo" de aparições...um dia assisto..rs

Rodrigo Nogueira disse...

Fábio (outsid3r), acho que estou tão calejado com filmes de terror que talvez pouca coisa ainda me assuste, mas como eu disse no post, as opiniões sobre esse filme divergem muito e isso é muito bom porque trás o debate!

Sobre o selo, agradeço muito a lembrança e digo que é recíproca a consideração e admiração meu amigo. Aguarde que em breve postarei um artigo para agradecer seu gesto de forma apropriada.

Abração!

Rodrigo Nogueira disse...

Ô Marcelão, que história é essa? Se você conseguiu assistir Bruxa de Blair, esse fica fácil de assistir!
A coisa fica mais na insinuação do que concreta. Assista sem "medo".

Precisamos combinar para o Megadeth, já comprou os ingressos?

Abç!

Amanda Aouad disse...

Rodrigo, também não consegui levar nenhum susto com esse filme, para mim foi uma grande decepção. Gostei muito de Bruxa de Blair e achei a continuação uma grade bobagem. Quanto a Atividade Paranormal, como você falou chega a ser chato. Não entendi como Spielberg se encantou tanto com isso.

Rodrigo Nogueira disse...

Olá Amanda!

Fico feliz que tenha aparecido e comentado!

Concordo plenamente com você! Sobre o Spielberg, vai ver que ele gostou da direção do filme, rss.

Anônimo disse...

o filme é uma grande porcaria alem de nao dar susto algum é uma chatisse!!!

Carlitos Mendes disse...

Eu não apenas gostei, como o considero o melhor filme de terror que já vi... e já vi muitos...

Anônimo disse...

perdi uma hora da minha vida assistindo essa porcaria...

Matheus P. disse...

Eu gostei do filme, achei bem legal e diferente. Claro, poderia ser melhor em vários aspectos.
1 - Os diálogos. Como você disse, o casal não fala nada de interessante.
2 - Os sustos. Por que ninguém se assustou? É simples: a gente se acostuma, noite após noite. Já sabemos que vai ocorrer algo paranormal quando o relógio para, quase sempre às 3h. Se os sustos ocorressem em diferentes horas do dia, talvez não ficasse tão previsível.

Parabéns pelo seu blog, gostei muito!

Rodrigo Nogueira disse...

Muito obrigado pela participação pessoal!

Matheus, valeu pelos elogios!

Abç a todos!

diogo disse...

po cara, eu realmente não curti o filme, mas conheço muita gente q axou o maximo mas eu axei bem fraco, e ainda por cima o dvd q eu peguei tinha o final mais fraco q o do cinema. axei muito jabá pra pouco filme

Anônimo disse...

Nossaa '
é impossivel nao levar susto , nao sei se isso é querer ser valentao e essas coisas mais o filma da muito medoo'
eu assisti no cinema e #Murrii

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante, todos que são publicados são respondidos, mas antes de escrever, leia as normas do blog:

Você pode: Opinar, elogiar, criticar, sugerir, debater e discordar.
Mas NÃO PODE ofender, insultar, difamar, divulgar spam, fazer racismo, ou qualquer tipo de conteúdo ilegal, além de usar palavras de baixo calão de maneira gratuita.

Obrigado por sua participação, fico na expectativa de seu retorno!

Conheça o Super Fusion Blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Sons, Filmes & Afins,

um refúgio para quem tem a mente aberta, mas opinião própria"

Marcadores

1975 (1) 1977 (1) 1979 (45) 2 Tone (1) 2001 (1) 50 Obras Revolucionárias (51) A Formação do Gosto Musical (8) A Pedidos (3) Abba (3) AC/DC (2) ação (14) Acervo Original (6) acid house (4) acid jazz (6) Acid Rock (1) acid techno (1) Aerosmith (2) afoxé (1) afrobeat (3) Allman Brothers Blues Band (1) Alternative Dance (1) Ambient (2) amizade (6) análise (1) animação (2) Aniversário (1) Arraste-me para o inferno (1) Art Blakey (1) art rock (5) aventura (4) axé (2) baião (1) baixo (6) baladas (3) balanço do ano (5) Barry White (1) bateria (2) be bop (8) Bebel Gilberto (1) Beethoven (6) Bela Fleck (1) Ben Affleck (1) Ben Kingsley (1) Berg (1) Berlioz (3) big band (2) Big Star (1) Bill Evans (1) Bill Wyman (1) Billie Holiday (1) Billy Bob Thornton (1) Billy Joel (1) biografia (3) black metal (2) Black Sabbath (1) Blackened Death Metal (1) Blind Faith (1) Blondie (1) Blue Cheer (1) bluegrass (1) blues (14) blues rock (1) Bob Dylan (1) Bob Marley (2) bolero (2) Bon Jovi (2) bossa nova (5) Boston (1) Boulez (1) Brahms (1) Brian Eno (6) Brittany Murphy (1) Brutal Death Metal (1) Buddy Guy (1) Burning Spear (1) Buzzcocks (2) Caetano Veloso (3) Cage (1) calipso (1) Camisa de Vênus (1) Cannonball Adderley (1) cantata (1) Carpenters (1) celta (2) Charles Mingus (1) Charlie Parker (2) Cheap Trick (1) Cher (1) Chet Baker (1) Chic (3) Chic Corea (4) chicago blues (2) Chico Buarque (2) Chopin (1) Choro (1) Christian McBride (1) Cícero (6) Clive Owen (1) comédia (16) Concerto (1) Cool Jazz (5) Count Basie (1) Counting Crows (1) country (7) country rock (3) Crumb (1) Curtis Mayfield (1) dance (3) David Bowie (6) Dead Kennedys (1) Death Doom Metal (1) death metal (6) debate (2) Debussy (2) Deep Purple (2) Def Leppard (1) Delaney Bonnie And Friends (1) delta blues (2) Dennis Hopper (1) Dennis Quaid (1) Dennis Wilson (1) Denzel Washington (1) Derek And The Dominos (1) Descartes (2) Destaques (1) Devo (2) Dianne Reeves (1) Dire Straits (1) disco (8) Divulgação (1) Dizzie Gilesppie (1) Django Reinhardt (1) Donizetti (1) Donna Summer (1) doo wop (3) Doom Metal (1) drama (27) Dream Theater (1) Drone Doom (1) Duke Ellington (4) Dulce Pontes (1) Dupré (1) Eagles (1) Earth Wind and Fire (3) easy listening (2) Electric Blues (1) electric-folk (1) Elis Regina (1) Ella Fitzgerald (1) ELO (1) Elton John (2) Elvis Costello (2) ensaio (25) Entrevista (1) época (2) Eric Clapton (3) Erroll Garner (1) Esta Música é Arte? (3) fado (2) Fairport Convention (1) Falecimentos (7) fantasia (4) Fela Kuti (1) Feldman (1) ficção científica (6) filme (69) Filosofia (3) flamenco (2) Fleetwood Mac (3) folk (9) Folk Metal (1) forró (1) Frank Sinatra (1) free jazz (4) frevo (1) Funeral Doom (1) funk (14) Funkadelic (1) fusion (10) Gal Costa (2) Gang of Four (1) Gary Numan (1) Genesis (2) Gershwin (1) Gesualdo (1) Gilberto Gil (2) glam rock (1) Glinka (2) Gluck (1) gospel (3) gótico (6) Grammy (2) Graziani (1) Gregory Isaacs (1) guerra (4) guitara (2) guitarra (5) gypsy jazz (1) Hank Jones (1) hard bop (4) hard rock (15) hardcore (2) Haydn (3) heavy metal (17) Herbie Hancock (2) hip-hop (5) Holger Czukay (1) Holst (1) homenagem (1) Horace Silver (1) Houghton (1) house (2) Ian Dury (1) Iggy Pop (2) indie rock (1) infantil (2) Iron Butterfly (1) Isaac (1) Isabelle Fuhrman (1) Ives (1) J.S. Bach (5) Jaco Pastorious (2) James Brown (2) Jamiroquai (1) Japan (1) jazz (44) Jazz Modal (1) Jean Michel Jarre (2) Jefferson Airplane (1) Jenifer Lopez (1) Jimi Hendrix (1) Jimmy Cliff (1) Jimmy Smith (1) Joan Armatrading (1) Joan Sutherland (1) João Gilberto (2) John Coltrane (1) John Mayall's Bluesbreakers (1) John Travolta (1) Johnny Alf (1) Joni Mitchell (3) Jorge Ben Jor (2) Joy Division (2) Judas Priest (1) Julia Roberts (1) Keith Jarrett (1) Kim Bassinger (1) Kiss (2) Kompha (1) Kraftwerk (2) krautrock (5) Led Zeppelin (2) Lee Jackson (1) Leibniz (1) Lenny White (1) Leonin (1) Listas (19) Liszt (2) Louis Armstrong (2) lundu (1) Machaut (1) madchester (2) Magazine (1) Mahler (2) Marcelo Nova (1) Maria Bethânia (1) Marianne Faithfull (1) Marvin Gaye (3) MDM (1) Meat Loaf (1) Medieval Metal (1) Melodic Death Metal (1) Memphis (1) Meryl Streep (1) Messiaen (1) Metal Progressivo (2) Michael Jackson (3) Mickey Rourke (1) Miles Davis (4) Miúcha (1) modal (2) modinha (1) Monteverdi (2) Motörhead (1) Mozart (6) MPB (10) músic eletrônica (3) música ambiente (4) música clásica (1) música clássica (4) Música do outro mundo (11) música eletrônica (4) música experimental (3) música industrial (2) Música na Cabeça (7) musical (1) Musicoterapia (1) Ná Ozzetti (1) Nat King Cole (1) Neil Young (1) new age (1) new wave (15) Ney Matogrosso (1) Nina Simone (1) Nirvana (1) O que é? (6) ópera rock (2) opinião (23) Oscar (1) Paco de Lucía (1) Parliament (2) Pat Metheny (1) Paul Giamatti (1) Paul McCartney (1) Paul Weller (1) Paulinho Nogueira (1) Paulo Moura (1) Penelope Cruz (1) Pere Ubu (2) Peri (1) Perotin (1) Perusio (1) Peter Frampton (1) Peter Gabriel (1) Peter Sarsgaard (1) Peter Tosh (1) piano (2) Pink Floyd (6) polca (1) Police (1) policial (5) pop (23) pop rock (4) pós-punk (6) Post-Punk (2) Poulenc (1) Power Metal (1) Presente (2) Primus (1) Prince (1) Progressive Death Metal (1) promocional (6) Public Image Ltd. (2) Puccini (1) punk rock (31) Quadrinho (1) Queen (1) Racionais MCs (1) Ramones (3) rap (2) Red Hot Chili Peppers (2) reggae (6) Reich (1) Return To Forever (1) Richard Wagner (2) Rick Wakeman (1) rock (70) rock de vanguarda (4) rock progressivo (9) rock psicodélico (3) rockabilly (2) Rolling Stones (2) romance (9) Ronnie James Dio (1) Rush (1) Russell Crowe (1) Rythm and Blues (5) Saint-Saens (1) Sam Raimi (1) samba (5) Sarah Vaughan (1) Satie (1) sax (1) Schoenberg (4) Schubert (3) Schumann (2) Scorpions (1) Scriabin (1) sebo (1) Série Especial de Domingo (80) Sex Pistols (6) Shirley Verrett (1) Show (1) Simone (1) Siouxsie and The Banshees (1) Sister Sledge (1) ska (1) smooth jazz (3) soul (9) soul jazz (4) speed metal (2) Spyro Gyra (1) Stan Getz (1) Stanlay Clarke (1) Star Trek (1) Steely Dan (1) Stéphane Grappelli (1) Steve Vai (1) Steve Winwood (1) Stevie Wonder (2) Stockhausen (1) Stravinsky (1) Sunday (1) Supertramp (1) surf music (1) suspense (14) swing (5) Symphonic Prog (1) synthpop (3) Talking Heads (2) tango (2) Tchaikovski (2) Technical Death Metal (1) techno (5) Television (1) Terri Lyne Carrington (1) terror (7) Tex (1) The Adverts (1) The B-52's (1) The Beach Boys (1) The Beatles (3) The Cars (1) The Clash (3) The Cramps (2) The Cream (3) The Crusaders (1) The Damned (1) The Doors (1) The Fall (1) The Germs (1) The Gun Club (1) The Hollies (1) The Jam (1) The Jazz Crusaders (1) The Modern Lovers (2) The Only Ones (1) The Penguin Cafe Orchestra (1) The Residents (1) The Saints (1) The Slits (2) The Specials (1) The Stooges (2) The Stranglers (2) The Trio (1) The Undertones (1) The Who (1) Thelonious Monk (2) Thin Lizzy (1) thrash metal (2) Throbbing Gristle (1) Titãs (1) Tom Jobim (2) Tom Petty (1) Tom Wilkinson (1) Top Blog (1) TOPS (1) Toquinho (1) Tracy Chapman (1) Traffic (1) trance (2) tropicália (3) Tudo isso é rock (1) valsa (1) Van Halen (2) Van Morrisson (1) Varèse (1) Vaughan Williams (1) Velvet Underground (1) Vera Farmiga (1) Vídeo (1) Viking Metal (1) Villa-Lobos (1) Vinícius de Moraes (1) Vinil (1) violão (1) Vivaldi (2) Watt 69 (1) Weber (1) Webern (1) Wes Montgomery (1) west coast jazz (1) Wheater Report (1) Willie Nelson (2) Winger (1) Winona Ryder (1) Wire (2) X-Ray Spex (1) Yardbirds (1) Yes (1)