segunda-feira, 5 de abril de 2010

Here, My Dear – Marvin Gaye

marvin gaye

Marvin Pentz Gay Jr. foi um dos maiores artistas da época da gravadora Motown, “maior que Stevie Wonder”, disseram alguns, e não é exagero: excelente cantor, compositor, arranjador, produtor musical, multi-instrumentista e letrista; além de ser responsável pelo álbum conceitual “What’s Going On” (1971), considerado por muitos o melhor álbum conceitual da história, e “Let’s Get It On” (1973), um verdadeiro marco do R&B.

Nos idos de 1977, conseguiu finalmente se separar de sua esposa Anna Gordy, que também era irmã do seu patrão, ou seja, Berry Gordy, o dono da gravadora Motown. A moça não quis sair da jogada de mãos abanando e entrou na justiça para arrancar uma graninha do nosso amigo Marvin, e conseguiu! No acordo judicial, todo o dinheiro arrecadado com as vendas do próximo álbum e parte do salário do moço, iriam direto para a conta bancária da megera.

Extremamente sensível e abalado com todo o desgaste emocional do momento em que vivia, Marvin Gaye compôs diversas músicas auto-biográficas que expunham sua antiga vida de casado e gravou um álbum duplo chamado “Here, My Dear”, o qual tratamos hoje. A coisa era tão escancarada, que sua ex-mulher quis processá-lo por invasão de privacidade.

O álbum não foi bem com a crítica e nem com o público da época, jogando Marvin no início de uma queda de popularidade que só seria superada com o lançamento do hit “Sexual Healing” anos depois.

Sendo revisto hoje, esse disco é encarado como de uma beleza ímpar, pois consegue transformar a dor em uma coisa sublime, que varia momentos doces, calmos e sedutores.

O senhor Gaye passou por várias situações boas e ruins em sua vida após estes eventos narrados e, aos 45 anos de idade, tentando se recuperar do vício de drogas e da depressão na casa dos parentes, morreu assassinado com tiro desferido por seu próprio pai, um pastor evangélico, e com a arma que ele mesmo o havia presenteado. Tudo isso apenas por causa de uma discussão acalorada sobre documentos perdidos. O ano era 1984.

Site Oficial

 

Here, My Dear (1978)

MusicCatalog_M_Marvin Gaye - Here My Dear (Expanded Edition)_Marvin Gaye - Here My Dear (Expanded Edition)

Download: Here,My Dear

Curiosidades do álbum

  • Fascinado, de maneira mórbida, por suas próprias desventuras, as canções documentam a desintegração de seu casamento.
  • Ao abrir a capa do vinil, mostra-se o amor na forma do jogo Monopoly (o famoso Banco Imobiliário), chamado “Judgment”, embrulhado em corações ameaçados por adagas e outros símbolos de mau agouro.
  • É um exemplo raro e comovente de sinceridade artística.

Audição Comentada

 

Meus Destaques Em Vermelho

01 – Here, My Dear

Dedicatória e ao fundo um doo-wop. Guitarra com wah-wah (cry baby). Declamações.

02 – I Met A Little Girl

A ideia musical permanece, mas agora Marvin canta com um doce falsete à lá Al Green. Belas mudanças de tom, coincidindo com as mudanças de ano narradas na letra.

03 – When Did You Stop Loving

Inicia com uma narração e um belíssimo sax tenor ao fundo junto com um baixo cheio de groove. Aos pouco Marvin começa a soltar a potência de sua voz. Observem os belíssimos backing vocals feitos pelo próprio e o sempre presente doo-wop. Aparece um trompete sem agredir a melodia. Momento mágico quando o sax sola ao fundo da melodia principal fazendo uma segunda voz. Modulações no canto perfeitamente articuladas e colocadas. Arte!

04 – Anger

Percussão e bateria sem sobressaltos, baixo swingado e fazendo uma linha independente, teclado segurando a base: execução em alto nível.

05 – Is That Enough

Um tecladinho chato é compensado pela presença de um sax soprano. O canto se mantém estável sem grandes nuanças. Um bonito solo de sax alto.

06 – Everybody Needs Love

Um compasso complexo, talvez as figuras rítmicas… O canto se solta mais. Putz, na ponte o tom muda e o doo-woop faz meia escala ascendente e monta a cama para o refrão! No meio do refrão Marvin muda o tom de novo e logo é emendado um solo de trompete e depois de um flugelhorn. Caraca, essa é muito elaborada! Se eu for descrever tudo que acontece nessa música o texto vai ficar grande…Sensacional!

07 – Time To Get It Together

De novo o odioso teclado. Essa música parece mais um interlúdio. A guitarra até faz um trabalhinho interessante e o sax alto, uns contracantos.

08 – Sparrow

Tumbadoras, um arranjo de sopros, canto e contracanto. Praticamente um smooth jazz, interessante! O sax alto é o destaque, o solo vai do tradicional ao improviso enlouquecido, quase chegando ao free jazz; enquanto o canto permanece imutável em sua tranquilidade, fazendo um paradoxo. Genial!

09 – Anna’s Song

Uma beleza de guitarra semi-acústica ao fundo, mas o teclado em evidência estraga. Diferente da música anterior, essa exagera na mesmice. Um solo bizarro de teclado!!! Que timbre horroroso!

10 – When Did You Stop Loving (Instrumental)

Viva o sax tenor de Charles Owen!!

11 – A Funky Space Reincarnat

Um funk sensual, meio Parliament. Não faz muito meu gênero.

12 – You Can Leave But It’s Go

Apesar da guitarra de Gordon Banks, o tecladinho e a melodia linear acabam com a música.

13 – Falling In Love Again

Uma bela e esperançosa balada com um agradável refrão.

14 When Did You Stop Loving (Reprise)

Apenas um fechamento de poucos segundos, só com o tema da música reapresentado.

Comentários e texto: Rodrigo Nogueira
Fonte Histórica: Wikipédia
Curiosidades: 1001 discos para ouvir antes de morrer

 

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante, todos que são publicados são respondidos, mas antes de escrever, leia as normas do blog:

Você pode: Opinar, elogiar, criticar, sugerir, debater e discordar.
Mas NÃO PODE ofender, insultar, difamar, divulgar spam, fazer racismo, ou qualquer tipo de conteúdo ilegal, além de usar palavras de baixo calão de maneira gratuita.

Obrigado por sua participação, fico na expectativa de seu retorno!

Conheça o Super Fusion Blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Sons, Filmes & Afins,

um refúgio para quem tem a mente aberta, mas opinião própria"

Marcadores

1975 (1) 1977 (1) 1979 (45) 2 Tone (1) 2001 (1) 50 Obras Revolucionárias (51) A Formação do Gosto Musical (8) A Pedidos (3) Abba (3) AC/DC (2) ação (14) Acervo Original (6) acid house (4) acid jazz (6) Acid Rock (1) acid techno (1) Aerosmith (2) afoxé (1) afrobeat (3) Allman Brothers Blues Band (1) Alternative Dance (1) Ambient (2) amizade (6) análise (1) animação (2) Aniversário (1) Arraste-me para o inferno (1) Art Blakey (1) art rock (5) aventura (4) axé (2) baião (1) baixo (6) baladas (3) balanço do ano (5) Barry White (1) bateria (2) be bop (8) Bebel Gilberto (1) Beethoven (6) Bela Fleck (1) Ben Affleck (1) Ben Kingsley (1) Berg (1) Berlioz (3) big band (2) Big Star (1) Bill Evans (1) Bill Wyman (1) Billie Holiday (1) Billy Bob Thornton (1) Billy Joel (1) biografia (3) black metal (2) Black Sabbath (1) Blackened Death Metal (1) Blind Faith (1) Blondie (1) Blue Cheer (1) bluegrass (1) blues (14) blues rock (1) Bob Dylan (1) Bob Marley (2) bolero (2) Bon Jovi (2) bossa nova (5) Boston (1) Boulez (1) Brahms (1) Brian Eno (6) Brittany Murphy (1) Brutal Death Metal (1) Buddy Guy (1) Burning Spear (1) Buzzcocks (2) Caetano Veloso (3) Cage (1) calipso (1) Camisa de Vênus (1) Cannonball Adderley (1) cantata (1) Carpenters (1) celta (2) Charles Mingus (1) Charlie Parker (2) Cheap Trick (1) Cher (1) Chet Baker (1) Chic (3) Chic Corea (4) chicago blues (2) Chico Buarque (2) Chopin (1) Choro (1) Christian McBride (1) Cícero (6) Clive Owen (1) comédia (16) Concerto (1) Cool Jazz (5) Count Basie (1) Counting Crows (1) country (7) country rock (3) Crumb (1) Curtis Mayfield (1) dance (3) David Bowie (6) Dead Kennedys (1) Death Doom Metal (1) death metal (6) debate (2) Debussy (2) Deep Purple (2) Def Leppard (1) Delaney Bonnie And Friends (1) delta blues (2) Dennis Hopper (1) Dennis Quaid (1) Dennis Wilson (1) Denzel Washington (1) Derek And The Dominos (1) Descartes (2) Destaques (1) Devo (2) Dianne Reeves (1) Dire Straits (1) disco (8) Divulgação (1) Dizzie Gilesppie (1) Django Reinhardt (1) Donizetti (1) Donna Summer (1) doo wop (3) Doom Metal (1) drama (27) Dream Theater (1) Drone Doom (1) Duke Ellington (4) Dulce Pontes (1) Dupré (1) Eagles (1) Earth Wind and Fire (3) easy listening (2) Electric Blues (1) electric-folk (1) Elis Regina (1) Ella Fitzgerald (1) ELO (1) Elton John (2) Elvis Costello (2) ensaio (25) Entrevista (1) época (2) Eric Clapton (3) Erroll Garner (1) Esta Música é Arte? (3) fado (2) Fairport Convention (1) Falecimentos (7) fantasia (4) Fela Kuti (1) Feldman (1) ficção científica (6) filme (69) Filosofia (3) flamenco (2) Fleetwood Mac (3) folk (9) Folk Metal (1) forró (1) Frank Sinatra (1) free jazz (4) frevo (1) Funeral Doom (1) funk (14) Funkadelic (1) fusion (10) Gal Costa (2) Gang of Four (1) Gary Numan (1) Genesis (2) Gershwin (1) Gesualdo (1) Gilberto Gil (2) glam rock (1) Glinka (2) Gluck (1) gospel (3) gótico (6) Grammy (2) Graziani (1) Gregory Isaacs (1) guerra (4) guitara (2) guitarra (5) gypsy jazz (1) Hank Jones (1) hard bop (4) hard rock (15) hardcore (2) Haydn (3) heavy metal (17) Herbie Hancock (2) hip-hop (5) Holger Czukay (1) Holst (1) homenagem (1) Horace Silver (1) Houghton (1) house (2) Ian Dury (1) Iggy Pop (2) indie rock (1) infantil (2) Iron Butterfly (1) Isaac (1) Isabelle Fuhrman (1) Ives (1) J.S. Bach (5) Jaco Pastorious (2) James Brown (2) Jamiroquai (1) Japan (1) jazz (44) Jazz Modal (1) Jean Michel Jarre (2) Jefferson Airplane (1) Jenifer Lopez (1) Jimi Hendrix (1) Jimmy Cliff (1) Jimmy Smith (1) Joan Armatrading (1) Joan Sutherland (1) João Gilberto (2) John Coltrane (1) John Mayall's Bluesbreakers (1) John Travolta (1) Johnny Alf (1) Joni Mitchell (3) Jorge Ben Jor (2) Joy Division (2) Judas Priest (1) Julia Roberts (1) Keith Jarrett (1) Kim Bassinger (1) Kiss (2) Kompha (1) Kraftwerk (2) krautrock (5) Led Zeppelin (2) Lee Jackson (1) Leibniz (1) Lenny White (1) Leonin (1) Listas (19) Liszt (2) Louis Armstrong (2) lundu (1) Machaut (1) madchester (2) Magazine (1) Mahler (2) Marcelo Nova (1) Maria Bethânia (1) Marianne Faithfull (1) Marvin Gaye (3) MDM (1) Meat Loaf (1) Medieval Metal (1) Melodic Death Metal (1) Memphis (1) Meryl Streep (1) Messiaen (1) Metal Progressivo (2) Michael Jackson (3) Mickey Rourke (1) Miles Davis (4) Miúcha (1) modal (2) modinha (1) Monteverdi (2) Motörhead (1) Mozart (6) MPB (10) músic eletrônica (3) música ambiente (4) música clásica (1) música clássica (4) Música do outro mundo (11) música eletrônica (4) música experimental (3) música industrial (2) Música na Cabeça (7) musical (1) Musicoterapia (1) Ná Ozzetti (1) Nat King Cole (1) Neil Young (1) new age (1) new wave (15) Ney Matogrosso (1) Nina Simone (1) Nirvana (1) O que é? (6) ópera rock (2) opinião (23) Oscar (1) Paco de Lucía (1) Parliament (2) Pat Metheny (1) Paul Giamatti (1) Paul McCartney (1) Paul Weller (1) Paulinho Nogueira (1) Paulo Moura (1) Penelope Cruz (1) Pere Ubu (2) Peri (1) Perotin (1) Perusio (1) Peter Frampton (1) Peter Gabriel (1) Peter Sarsgaard (1) Peter Tosh (1) piano (2) Pink Floyd (6) polca (1) Police (1) policial (5) pop (23) pop rock (4) pós-punk (6) Post-Punk (2) Poulenc (1) Power Metal (1) Presente (2) Primus (1) Prince (1) Progressive Death Metal (1) promocional (6) Public Image Ltd. (2) Puccini (1) punk rock (31) Quadrinho (1) Queen (1) Racionais MCs (1) Ramones (3) rap (2) Red Hot Chili Peppers (2) reggae (6) Reich (1) Return To Forever (1) Richard Wagner (2) Rick Wakeman (1) rock (70) rock de vanguarda (4) rock progressivo (9) rock psicodélico (3) rockabilly (2) Rolling Stones (2) romance (9) Ronnie James Dio (1) Rush (1) Russell Crowe (1) Rythm and Blues (5) Saint-Saens (1) Sam Raimi (1) samba (5) Sarah Vaughan (1) Satie (1) sax (1) Schoenberg (4) Schubert (3) Schumann (2) Scorpions (1) Scriabin (1) sebo (1) Série Especial de Domingo (80) Sex Pistols (6) Shirley Verrett (1) Show (1) Simone (1) Siouxsie and The Banshees (1) Sister Sledge (1) ska (1) smooth jazz (3) soul (9) soul jazz (4) speed metal (2) Spyro Gyra (1) Stan Getz (1) Stanlay Clarke (1) Star Trek (1) Steely Dan (1) Stéphane Grappelli (1) Steve Vai (1) Steve Winwood (1) Stevie Wonder (2) Stockhausen (1) Stravinsky (1) Sunday (1) Supertramp (1) surf music (1) suspense (14) swing (5) Symphonic Prog (1) synthpop (3) Talking Heads (2) tango (2) Tchaikovski (2) Technical Death Metal (1) techno (5) Television (1) Terri Lyne Carrington (1) terror (7) Tex (1) The Adverts (1) The B-52's (1) The Beach Boys (1) The Beatles (3) The Cars (1) The Clash (3) The Cramps (2) The Cream (3) The Crusaders (1) The Damned (1) The Doors (1) The Fall (1) The Germs (1) The Gun Club (1) The Hollies (1) The Jam (1) The Jazz Crusaders (1) The Modern Lovers (2) The Only Ones (1) The Penguin Cafe Orchestra (1) The Residents (1) The Saints (1) The Slits (2) The Specials (1) The Stooges (2) The Stranglers (2) The Trio (1) The Undertones (1) The Who (1) Thelonious Monk (2) Thin Lizzy (1) thrash metal (2) Throbbing Gristle (1) Titãs (1) Tom Jobim (2) Tom Petty (1) Tom Wilkinson (1) Top Blog (1) TOPS (1) Toquinho (1) Tracy Chapman (1) Traffic (1) trance (2) tropicália (3) Tudo isso é rock (1) valsa (1) Van Halen (2) Van Morrisson (1) Varèse (1) Vaughan Williams (1) Velvet Underground (1) Vera Farmiga (1) Vídeo (1) Viking Metal (1) Villa-Lobos (1) Vinícius de Moraes (1) Vinil (1) violão (1) Vivaldi (2) Watt 69 (1) Weber (1) Webern (1) Wes Montgomery (1) west coast jazz (1) Wheater Report (1) Willie Nelson (2) Winger (1) Winona Ryder (1) Wire (2) X-Ray Spex (1) Yardbirds (1) Yes (1)