quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Pink Flag – Wire (1977)

1977-annette-green[1]


Wire é uma banda britânica de punk rock formada em 1976 por Graham Lewis (baixo, voz), Bruce Gilbert (guitarra), Colin Newman (voz, guitarra) e Robert Gotobed (bateria).
Foi umas das primeiras bandas de punk rock a misturar seus sons com profundos conceitos artísticos. Também é conhecido por fazer músicas curtas e cruas, além de letras extremamente enigmáticas, com críticas ao atual modelo capitalista do mundo. Foi um dos precurssores do pós-punk.
Artistas que influenciaram o Wire: Velvet Underground, Brian Eno e Marcel Duchamp.



Pink Flag (1977)


Faixas
01
Reuters
02
Field Day For The Sundays
03
Three Girl Rhumba
04
Ex Lion Tamer
05
Lowdown
06
Start To Move
07
Brazil
08
It's So Obvious
09
Surgeon's Girl
10
Pink Flag
11
Commercial
12
Straight Line
13
106 Beats That
14
Mr. Suit
15
Strange
16
Fragile
17
Mannequin
18
Different To Me
19
Champs
20
Feeling Called Love
21
12XU
6a00d8341c365453ef011570135fcd970b-800wi[1]
Os amigos que acompanham o blog notaram que estou fazendo um levantamento do que havia de mais relevante no ano de 1977.
É impossível, portanto, ignorar o movimento punk, pois ele encontrava-se em seu auge no final da década de 1970.
Já citei aqui vários álbuns desse gênero e, se você quiser conhecê-los, basta acessar os links abaixo.
O disco de hoje, Pink Flag, assim como os outros acima, tem suas peculiaridades. Trata-se de uma obra furiosa feita por ex-estudantes de arte que não acanharam-se em tentar inovar mesmo tendo parcos conhecimentos musicais, porém altas doses de expressividade.
O álbum, em termos comerciais foi um fiasco total, mas influenciou uma série de novos músicos como os do Cramps e até os dos Titãs aqui no Brasil, revelando assim, sua importância histórica.

Reuters
00:00 - O baixo introduz os trabalhos dando apenas uma nota repetidamente; 00:21 - a guitarra dá seu cartão de visitas badalando um acorde como se fosse um sino; 00:34 - agora entra a bateria na mesma toada do  baixo; em 00:37  a guitarra soa com o peso do reverb para anunciar a entrada do vocal. A música segue com apenas um acorde, à excessão do refrão, que possui dois; 02:37 - Cadência final com o nome da música sendo repetido de forma gutural até finalizar num ralentando em 03:03.


Field Day For The Sundays
00:00 - o vocal anuncia e a banda já entra a mil em compasso binário e andamento rápido típicos do punk, mandando três acordes e fazendo a interrupção instrumental ao final das estrofes. Assim vai até o fim em 00:28.

Three Girl Rumba
Dois marcados acordes de guitarra, num riff que a banda Elástica copiou descaradamente num de seus sucessos, vocal quase falado que finaliza com um cretino YEAH!

Ex Lion Tamer
Quase um hardcore (que ainda não existia nessa época) de quatro acordes. Finalizada com um grito do vocal e da parada abrupta da banda.

Lowdown
Levada preguiçosa de dois acordes e canto quase falado até o refrão, quando o vocal explode em gritos em cima da mesma base instrumental.

Start To Move
A bateria  introduz  com a caixa e o prato de ataque até o vocalista mandar "começar a jogada" (start to move). Quatro acordes de guitarra embasam as orientações da letra enquanto o chipô da bateria trabalha freneticamente até que prevalece um acorde só que leva a música aos quatro acordes do refrão.

Brazil
A guitarra manda um riff cheio de reverb até chegar ao refrão de dois acordes. Finaliza num repique de bateria.

It's So Obvious
54 segundos de fúria punk e abrupto final.

Surgeon's Girl
A música é quase toda em cima de um único acorde, só muda ao final das estrofes. No decorrer, o vocal vira uma bagunça e a banda parece que manda tudo para o inferno e, quando cansam, param.

Pink Flag
O surdo da bateria começa rufando, a guitarra entra em seguida mandando uma sequência descendente e macabra. A música lembra muito uma faixa dos Cramps, que surgiram anos depois. 02:29 A batera manda brasa no rufar da caixa e a banda se inflama e vai acelerando até  a música virar uma massa sonora distorcida que fica soando até o grito final AHHH!

Commercial
A única faixa instrumental. Destaque para a linha de baixo. A música dura 49 segundos.


Straight Line
45 segundos de um típico punk.

106 Beats That
Mais um típico punk apenas com um diferencial: um pequeno solo de guitarra beeem simples.

Mr. Suit
Quebradeira com pergunta e resposta. Lembra muito a música dos Titãs Polícia. Acho que descobri uma influência ... (escute o player abaixo).


Strange
Acordes nos graves, e cheios de reverberação, aparentemente com as cordas frouxas e com sons fantasmagóricos ao fundo. Ao final, o baterista toca com as baquetas no chão. A mais longa faixa do álbum - 03:59

Fragile
Faixa mais leve, levadas mais calmas e sem distorção.

Mannequin
Faixa mais acessível. Pop rock.Tem até Backing vocals (!?), e lalalala.

Different To Me
Retoma o peso e o compasso binário.

Champs
Mais do mesmo.

Feeling Called Love
O baixo Introduz a brincadeira e vamos para mais uma sessão pop rock.

12XU
O vocal entra sozinho com palavras sem sentido e, com fúria, chama logo a banda para entrar no ritmo. A paulera segue e o verso se repete vertiginosamente.

Como acredito que tenham notado, não dá para falar muito em termos técnicos de punk. Mesmo porque não é esse o mote de tais conjuntos. O que vale é a ATITUDE!

Sem dúvida o Wire está cheio dela.

Análise musical: Rodrigo Nogueira
Fonte histórica: Wikipedia


'té mais!

2 comentários:

Anônimo disse...

Caramba muito interessante descobrir daonde veio policia do titãs, otimo post.

Rodrigo Nogueira disse...

Não tenho certeza se veio daí, mas que parece, parece!

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante, todos que são publicados são respondidos, mas antes de escrever, leia as normas do blog:

Você pode: Opinar, elogiar, criticar, sugerir, debater e discordar.
Mas NÃO PODE ofender, insultar, difamar, divulgar spam, fazer racismo, ou qualquer tipo de conteúdo ilegal, além de usar palavras de baixo calão de maneira gratuita.

Obrigado por sua participação, fico na expectativa de seu retorno!

Conheça o Super Fusion Blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Sons, Filmes & Afins,

um refúgio para quem tem a mente aberta, mas opinião própria"

Marcadores

1975 (1) 1977 (1) 1979 (45) 2 Tone (1) 2001 (1) 50 Obras Revolucionárias (51) A Formação do Gosto Musical (8) A Pedidos (3) Abba (3) AC/DC (2) ação (14) Acervo Original (6) acid house (4) acid jazz (6) Acid Rock (1) acid techno (1) Aerosmith (2) afoxé (1) afrobeat (3) Allman Brothers Blues Band (1) Alternative Dance (1) Ambient (2) amizade (6) análise (1) animação (2) Aniversário (1) Arraste-me para o inferno (1) Art Blakey (1) art rock (5) aventura (4) axé (2) baião (1) baixo (6) baladas (3) balanço do ano (5) Barry White (1) bateria (2) be bop (8) Bebel Gilberto (1) Beethoven (6) Bela Fleck (1) Ben Affleck (1) Ben Kingsley (1) Berg (1) Berlioz (3) big band (2) Big Star (1) Bill Evans (1) Bill Wyman (1) Billie Holiday (1) Billy Bob Thornton (1) Billy Joel (1) biografia (3) black metal (2) Black Sabbath (1) Blackened Death Metal (1) Blind Faith (1) Blondie (1) Blue Cheer (1) bluegrass (1) blues (14) blues rock (1) Bob Dylan (1) Bob Marley (2) bolero (2) Bon Jovi (2) bossa nova (5) Boston (1) Boulez (1) Brahms (1) Brian Eno (6) Brittany Murphy (1) Brutal Death Metal (1) Buddy Guy (1) Burning Spear (1) Buzzcocks (2) Caetano Veloso (3) Cage (1) calipso (1) Camisa de Vênus (1) Cannonball Adderley (1) cantata (1) Carpenters (1) celta (2) Charles Mingus (1) Charlie Parker (2) Cheap Trick (1) Cher (1) Chet Baker (1) Chic (3) Chic Corea (4) chicago blues (2) Chico Buarque (2) Chopin (1) Choro (1) Christian McBride (1) Cícero (6) Clive Owen (1) comédia (16) Concerto (1) Cool Jazz (5) Count Basie (1) Counting Crows (1) country (7) country rock (3) Crumb (1) Curtis Mayfield (1) dance (3) David Bowie (6) Dead Kennedys (1) Death Doom Metal (1) death metal (6) debate (2) Debussy (2) Deep Purple (2) Def Leppard (1) Delaney Bonnie And Friends (1) delta blues (2) Dennis Hopper (1) Dennis Quaid (1) Dennis Wilson (1) Denzel Washington (1) Derek And The Dominos (1) Descartes (2) Destaques (1) Devo (2) Dianne Reeves (1) Dire Straits (1) disco (8) Divulgação (1) Dizzie Gilesppie (1) Django Reinhardt (1) Donizetti (1) Donna Summer (1) doo wop (3) Doom Metal (1) drama (27) Dream Theater (1) Drone Doom (1) Duke Ellington (4) Dulce Pontes (1) Dupré (1) Eagles (1) Earth Wind and Fire (3) easy listening (2) Electric Blues (1) electric-folk (1) Elis Regina (1) Ella Fitzgerald (1) ELO (1) Elton John (2) Elvis Costello (2) ensaio (25) Entrevista (1) época (2) Eric Clapton (3) Erroll Garner (1) Esta Música é Arte? (3) fado (2) Fairport Convention (1) Falecimentos (7) fantasia (4) Fela Kuti (1) Feldman (1) ficção científica (6) filme (69) Filosofia (3) flamenco (2) Fleetwood Mac (3) folk (9) Folk Metal (1) forró (1) Frank Sinatra (1) free jazz (4) frevo (1) Funeral Doom (1) funk (14) Funkadelic (1) fusion (10) Gal Costa (2) Gang of Four (1) Gary Numan (1) Genesis (2) Gershwin (1) Gesualdo (1) Gilberto Gil (2) glam rock (1) Glinka (2) Gluck (1) gospel (3) gótico (6) Grammy (2) Graziani (1) Gregory Isaacs (1) guerra (4) guitara (2) guitarra (5) gypsy jazz (1) Hank Jones (1) hard bop (4) hard rock (15) hardcore (2) Haydn (3) heavy metal (17) Herbie Hancock (2) hip-hop (5) Holger Czukay (1) Holst (1) homenagem (1) Horace Silver (1) Houghton (1) house (2) Ian Dury (1) Iggy Pop (2) indie rock (1) infantil (2) Iron Butterfly (1) Isaac (1) Isabelle Fuhrman (1) Ives (1) J.S. Bach (5) Jaco Pastorious (2) James Brown (2) Jamiroquai (1) Japan (1) jazz (44) Jazz Modal (1) Jean Michel Jarre (2) Jefferson Airplane (1) Jenifer Lopez (1) Jimi Hendrix (1) Jimmy Cliff (1) Jimmy Smith (1) Joan Armatrading (1) Joan Sutherland (1) João Gilberto (2) John Coltrane (1) John Mayall's Bluesbreakers (1) John Travolta (1) Johnny Alf (1) Joni Mitchell (3) Jorge Ben Jor (2) Joy Division (2) Judas Priest (1) Julia Roberts (1) Keith Jarrett (1) Kim Bassinger (1) Kiss (2) Kompha (1) Kraftwerk (2) krautrock (5) Led Zeppelin (2) Lee Jackson (1) Leibniz (1) Lenny White (1) Leonin (1) Listas (19) Liszt (2) Louis Armstrong (2) lundu (1) Machaut (1) madchester (2) Magazine (1) Mahler (2) Marcelo Nova (1) Maria Bethânia (1) Marianne Faithfull (1) Marvin Gaye (3) MDM (1) Meat Loaf (1) Medieval Metal (1) Melodic Death Metal (1) Memphis (1) Meryl Streep (1) Messiaen (1) Metal Progressivo (2) Michael Jackson (3) Mickey Rourke (1) Miles Davis (4) Miúcha (1) modal (2) modinha (1) Monteverdi (2) Motörhead (1) Mozart (6) MPB (10) músic eletrônica (3) música ambiente (4) música clásica (1) música clássica (4) Música do outro mundo (11) música eletrônica (4) música experimental (3) música industrial (2) Música na Cabeça (7) musical (1) Musicoterapia (1) Ná Ozzetti (1) Nat King Cole (1) Neil Young (1) new age (1) new wave (15) Ney Matogrosso (1) Nina Simone (1) Nirvana (1) O que é? (6) ópera rock (2) opinião (23) Oscar (1) Paco de Lucía (1) Parliament (2) Pat Metheny (1) Paul Giamatti (1) Paul McCartney (1) Paul Weller (1) Paulinho Nogueira (1) Paulo Moura (1) Penelope Cruz (1) Pere Ubu (2) Peri (1) Perotin (1) Perusio (1) Peter Frampton (1) Peter Gabriel (1) Peter Sarsgaard (1) Peter Tosh (1) piano (2) Pink Floyd (6) polca (1) Police (1) policial (5) pop (23) pop rock (4) pós-punk (6) Post-Punk (2) Poulenc (1) Power Metal (1) Presente (2) Primus (1) Prince (1) Progressive Death Metal (1) promocional (6) Public Image Ltd. (2) Puccini (1) punk rock (31) Quadrinho (1) Queen (1) Racionais MCs (1) Ramones (3) rap (2) Red Hot Chili Peppers (2) reggae (6) Reich (1) Return To Forever (1) Richard Wagner (2) Rick Wakeman (1) rock (70) rock de vanguarda (4) rock progressivo (9) rock psicodélico (3) rockabilly (2) Rolling Stones (2) romance (9) Ronnie James Dio (1) Rush (1) Russell Crowe (1) Rythm and Blues (5) Saint-Saens (1) Sam Raimi (1) samba (5) Sarah Vaughan (1) Satie (1) sax (1) Schoenberg (4) Schubert (3) Schumann (2) Scorpions (1) Scriabin (1) sebo (1) Série Especial de Domingo (80) Sex Pistols (6) Shirley Verrett (1) Show (1) Simone (1) Siouxsie and The Banshees (1) Sister Sledge (1) ska (1) smooth jazz (3) soul (9) soul jazz (4) speed metal (2) Spyro Gyra (1) Stan Getz (1) Stanlay Clarke (1) Star Trek (1) Steely Dan (1) Stéphane Grappelli (1) Steve Vai (1) Steve Winwood (1) Stevie Wonder (2) Stockhausen (1) Stravinsky (1) Sunday (1) Supertramp (1) surf music (1) suspense (14) swing (5) Symphonic Prog (1) synthpop (3) Talking Heads (2) tango (2) Tchaikovski (2) Technical Death Metal (1) techno (5) Television (1) Terri Lyne Carrington (1) terror (7) Tex (1) The Adverts (1) The B-52's (1) The Beach Boys (1) The Beatles (3) The Cars (1) The Clash (3) The Cramps (2) The Cream (3) The Crusaders (1) The Damned (1) The Doors (1) The Fall (1) The Germs (1) The Gun Club (1) The Hollies (1) The Jam (1) The Jazz Crusaders (1) The Modern Lovers (2) The Only Ones (1) The Penguin Cafe Orchestra (1) The Residents (1) The Saints (1) The Slits (2) The Specials (1) The Stooges (2) The Stranglers (2) The Trio (1) The Undertones (1) The Who (1) Thelonious Monk (2) Thin Lizzy (1) thrash metal (2) Throbbing Gristle (1) Titãs (1) Tom Jobim (2) Tom Petty (1) Tom Wilkinson (1) Top Blog (1) TOPS (1) Toquinho (1) Tracy Chapman (1) Traffic (1) trance (2) tropicália (3) Tudo isso é rock (1) valsa (1) Van Halen (2) Van Morrisson (1) Varèse (1) Vaughan Williams (1) Velvet Underground (1) Vera Farmiga (1) Vídeo (1) Viking Metal (1) Villa-Lobos (1) Vinícius de Moraes (1) Vinil (1) violão (1) Vivaldi (2) Watt 69 (1) Weber (1) Webern (1) Wes Montgomery (1) west coast jazz (1) Wheater Report (1) Willie Nelson (2) Winger (1) Winona Ryder (1) Wire (2) X-Ray Spex (1) Yardbirds (1) Yes (1)